terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Gaia - letra

Naiara Morena

http://www.youtube.com/watch?v=GEqTLcAxa-c


No silêncio da noite dá pra ouvir o grito sofrido da terra
Que chove baixinho um orvalho de acidez,
Na escuridão profunda dá pra ver a mata triste
Que aos trancos resiste à nossa maldade.

Desmatamento e esgoto lá no rio,
Energia que inunda cidades,
O petróleo do copo sempre acaba num aterro.
A queimada varre toda a vida da floresta,
No solo reside a monocultura

Animais de todo tipo, plantas de toda espécie,
Preparam a vingança que não tarda e o santo livro fala:
O dia em que Gaya cansada deixará a maternidade
fantasiada de má e em fim será a nossa drasta.

Vem de cima, vem de baixo,
Vem no vento, vem na água,
Não tem abrigo pra castigo de mãe.

2 comentários:

Allyne disse...

Parabéns!! Gostei muito da música e vou utiliza-la para apresentar uma trabalho sobre Gaia. Beijos!! Allyne

Naiara Morena disse...

Agradecida! Q bom q gostou!!!
Fique a vontade!!! =)